Olá, como vai seu coração?

Eu sou a Dra. Fernanda Cristina de Araújo, cardiologista que atua na cidade de Natal, Rio Grande do Norte.

Bem-vindo ao meu site. Aqui vou falar sobre tudo o que é relacionado a cardiologia, dando dicas, informações e trazendo o que eu puder para ajudar a melhorar a saúde dos visitantes. Navegue e conheça melhor meu trabalho, onde atendo e como se manter bem e saudável.

Saiba mais
Agendar Consulta
Dra. Fernanda Cristina de Araújo, cardiologista em natal/rn

Áreas de Atuação

A minha consulta baseia-se em uma história clínica e exame físico detalhados onde procuro compreender o indivíduo como um todo, em busca de fatores de risco nos quais possamos atuar para prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares.

Para a prevenção de doenças cardiovasculares, como infarto agudo do miocárdio e acidente vascular isquêmico ou hemorrágico (AVC), são necessários cuidados com a saúde e bem estar, controlando sempre os níveis de pressão arterial, a glicose no sangue (açúcar), colesterol (gorduras) e mudanças de estilo de vida (como exercício físico e alimentação saudável), cessar tabagismo (parar de fumar) e tomar medidas para controlar o estresse. Exames de acompanhamento podem ser recomendados a depender de condições pré-existentes e fatores de risco.

Doença caracterizada pelo aumento dos níveis da pressão sanguínea. Muitas vezes a doença se instala de forma assintomática e pode deixar sequelas, afetando órgãos como os rins, o coração e o cérebro. O tratamento adequado, com o controle dos níveis de pressão arterial, contribui para impedir a progressão da doença.

É uma doença caracterizada pelo aumento dos níveis de colesterol e triglicérides no sangue. Pode estar relacionada a causas genéticas (fatores familiares) ou mais comumente à hábitos de vida não saudáveis, como alimentação desregulada e falta de exercícios físicos. Cada paciente tem um limite ideal a ser alcançado que vai depender de seus fatores de risco para doenças cardiovasculares.

Condição em que o coração tem dificuldade de bombear o sangue de forma adequada. Apresenta diversas causas, sendo as mais comuns: infarto, hipertensão, doenças valvares, doença de chagas, entre outras. O diagnóstico precoce e um tratamento adequado são fundamentais para aumentar as chances de reverter ou minimizar a progressão da doença. 

São doenças que acometem as válvulas do coração: mitral, tricúspide, aórtica e pulmonar. Cada uma delas pode ser acometida por diversas doenças. A depender do comprometimento ocorrido, o paciente pode necessitar de acompanhamento mais próximo com o cardiologista (realizando exames periódicos), fazer uso de medicamentos específicos ou mesmo precisar de cirurgia.

São um grupo de doenças que acomete as coronárias (artérias que irrigam o coração). O excesso de colesterol no sangue, a predisposição genética (histórico familiar), o tabagismo (fumo), falta de atividade física e outras doenças podem fazer com que placas de colesterol se depositem nos vasos, causando obstruções que podem gerar um quadro de dor no peito e levar a um quadro de infarto agudo do miocárdio. Os pacientes podem ser avaliados utilizando-se de exames não invasivos, como teste ergométrico e ecocardiograma sob estresse, ou invasivos, como cateterismo cardíaco.

Ocorre quando os impulsos elétricos do coração não ocorrem de forma adequada, fazendo o coração bater descompassado (mais rápido ou mais lento), podendo gerar sintomas como palpitações (batedeira no peito). Pode estar relacionada com a progressão de outras doenças cardíacas, problemas na tireóide, uso de estimulantes (energéticos), causas genéticas (fatores familiares) ou o próprio envelhecimento. Uma possível resposta como tratamento é o uso de marcapasso, que tem a função de ajustar o ritmo do coração. 

Ilustração de coração sendo analisado por cardiologista, HDL, LDL, colesterol.
Ilustração de cardiologista, coração e elementos representando o acompanhamento cardiológico, ecocardiograma

Exames

Caso a consulta identifique a necessidade de alguma investigação, poderão ser realizados exames que ajudem a diagnosticar o melhor tratamento ao paciente.

Exame que avalia o ritmo do coração, a análise dos batimentos cardíacos e é capaz de identificar arritmias e alterações que podem sugerir cardiopatias.

Exame que avalia o funcionamento do coração, avalia a anatomia do músculo cardíaco, sua função e suas válvulas.

Exame realizado em ambiente hospitalar, que necessita de sedação leve com passagem de sonda pela boca do paciente, a fim de avaliar minuciosamente o coração. Esse exame tem indicações precisas que vão depender de caso a caso.

Exame realizado com infusão de medicamento que aceleram o coração em busca de avaliar sua contratilidade e a sua função.

Avaliação dos vasos que irrigam o cérebro, que são as artérias carótidas e vertebrais. Esse exame é capaz de identificar a presença de placas ateroscleróticas que podem levar ao acidente vascular encefálico.

Últimas do meu blog!