Muito se fala sobre ele, mas poucas pessoas sabem a real importância do colesterol bom para a saúde, principalmente para as artérias e o coração.

De forma geral existem dois tipos de colesterol: o LDL, conhecido como ruim, e o HDL, o bom. 

Ambos são substâncias que circulam no sangue e são essenciais para o bom funcionamento do organismo. 

No entanto, quando o ruim se apresenta em nível elevado, ele se acumula nas paredes das artérias e aumenta o risco de doenças como infarto e AVC. 

Da mesma forma que o bom, quando se apresenta abaixo do nível normal, também representa riscos para a saúde do coração. 

Por isso, preparei esse artigo para explicar o que é o HDL, essa substância considerada boa para o organismo e como é possível aumentá-la. Confira comigo!

O que é o colesterol bom? 

Ambos os tipos de colesterol são substâncias gordurosas presentes no sangue e que, em níveis considerados normais, são essenciais para:

  • ajudar na formação das células,
  • auxiliar na produção de hormônios,
  • contribuir para a produção de vitamina D,
  • gerar de ácidos que auxiliam na dissolução das gorduras.

O LDL, ou o colesterol ruim, quando em níveis elevados, favorece a formação de placas dentro das artérias, o que aumenta o risco das doenças cardiovasculares, que são uma das principais causas de morte no mundo todo. 

Já o HDL, conhecido como colesterol bom, tem a função de limpar as moléculas de gordura das artérias, inclusive as do LDL, levando-as até o fígado, onde são metabolizadas e eliminadas naturalmente pelo organismo. 

Isso quer dizer que o HDL auxilia na limpeza dos vasos sanguíneos, o que ajuda de forma efetiva na prevenção de doenças cardiovasculares, entre as principais:

  • AVC, 
  • infarto,
  • hipertensão,
  • insuficiência cardíaca,
  • entupimento das artérias.

É recomendado tratamento medicamentoso para aumentar o HDL? 

Existem medicamentos que elevam discretamente o HDL. No entanto, estudos não recomendam tratamento medicamentoso visando à elevação dos níveis de HDL. 

Embora se reconheça a relação epidemiológica inversa entre níveis de HDL e incidência de doenças cardiovasculares, os estudos de intervenção mais recentes falharam em demonstrar benefício clínico por meio da elevação do HDL.

Isso significa que, segundo esses estudos, caso uma pessoa tenha triglicerídeos normais, LDL normal para o seu risco cardiovascular e apenas o HDL baixo, não há benefício em utilizar medicamentos para aumentar apenas os níveis do HDL. 

Mas, sabendo dos seus benefícios, orientamos sempre os pacientes a manterem hábitos alimentares saudáveis e a realizarem exercício físico regular, pois isso irá ajudar a aumentar os níveis e proteger ainda mais o seu coração.

Por isso, preze sempre por:

  • não fumar, 
  • praticar atividade física regularmente,
  • manter o peso,
  • aderir a uma alimentação saudável,
  • consultar o médico periodicamente para realização de exames. 

Esse conjunto de fatores ajuda a reduzir o LDL e a aumentar o colesterol bom. Dependendo do caso, o médico pode orientar o uso de medicamentos para ajudar a reduzir o LDL, o colesterol ruim.

É importante frisar ainda que existem alimentos que auxiliam de forma especial no aumento dessa substância no organismo, vou mostrar os principais!

Quais são os melhores alimentos para aumentar o colesterol bom?

Antes de mostrar os alimentos, é importante saber que 70% do colesterol que circula pelo nosso sangue é sintetizado pelo próprio organismo e 30% é derivado da alimentação.

Por isso, é muito importante manter uma alimentação equilibrada, consumindo a quantidade certa de gorduras boas e demais ingredientes que auxiliam na eliminação do LDL e no aumento do HDL.

Alguns desses alimentos são:

  • abacate, 
  • linhaça, 
  • oleaginosas, como as castanhas, amendoim, nozes, amêndoas,
  • alimentos ricos em ômega 3, como o salmão, atum e sardinha,
  • azeite extravirgem, 
  • feijões,
  • lentilhas,
  • sementes, como linhaça e chia,
  • soja,
  • frutas, como laranja, limão, maçã, ameixa, uva vermelha, jabuticaba, morango, 
  • aveia. 

Lembre-se sempre: o ideal é você consultar o seu cardiologista de confiança periodicamente para os devidos exames de verificação dos níveis do colesterol e orientação em caso de algum distúrbio.

Que tal você compartilhar esse post com os seus amigos e familiares para que eles também fiquem sabendo o que é e como aumentar o colesterol bom? Vamos espalhar saúde!